Uma palavra amiga.

Leia o texto abaixo ao som de Demi Lovato – Two Pieces.

 

Você acredita não precisar de alguém para ser feliz, me parece ter um lado sozinha, que te completa sem precisar da outra parte. Parece estar cansada de acreditar, de sonhar, e principalmente, de se decepcionar com as expectativas excessivas. Acredita, que quem procura o amor, pode ser considerado um romântico meloso, que essa necessidade de amar e ser amado, cabe somente aos ingênuos e alienados. Talvez, você esteja esquecendo o significado de nascermos com dois braços, é justamente, para que você tenha como carregar o escudo e a espada.Com tanta proteção e insegurança, eu te pergunto: o que você está fazendo com dois escudos?

Você está protegendo seu corpo inteiro com um escudo, e com o outro, seu coração indefeso. Eu te convido a sair comigo para dar uma volta, quero que sinta verdadeiramente, o peso dos seus dois escudos. Você sabe que os carrega, mas ainda não descobriu o quanto eles podem fazer mal para o seu equilíbrio.

Tente manter o controle dos seus pés no chão, mas às vezes, eles irão sentir a necessidade de levitar. Não estou te incentivando a se deixar levar pelo forte vento que trafega sem rumo por aí, pelo contrário, assim como você, eu também caminhei por muito tempo com escudos iguais aos que você carrega. Confesso, eles nunca adiantaram muita coisa, afinal, os meus escudos nunca suportaram essa guerra de sentimentos que sempre existiu em mim. Hoje, me sinto livre, os meus passos são mais rápidos.

Eu demorei, mas consegui me despir da armadura desnecessária que eu carregava comigo. Depois de algum tempo, no meu tempo, entendi o real significado da proteção e dos cuidados, percebendo assim, que carregar todo esse peso das armaduras, só poderia fazer mal para a minha coluna. Então, resolvi jogar fora os escudos, e me abrir para o mundo novo e inesperado. Hoje, eu aposto comigo, quantos passos sou capaz de dar com os olhos fechados e isso me instiga. Você ainda continua com o peso nas costas, com preguiça do mundo. Anda cansada de correr atrás de quem não dá valor.

Cansada de derramar lágrimas em vão, cansada de se apegar e ter que desapegar na marra. Anda por aí com os seus escudos, sem vontade de nada, nem de alguém. Aqui vai, apenas mais um simples conselho, de alguém já passou pela mesma coisa que você: Troque um escudo, por uma espada. Com o escudo, você poderá se libertar da sensação de estar sozinha. Não vai se sentir frágil, como de frequente costume. A necessidade de se debruçar em alguém, vai se tornar um apoio, uma segurança. Vai inventar histórias reais para você mesma, colocar um ponto final nos contos de fadas, eles não existem, nunca existiram.

A fragilidade que te cerca, se tornará aceitação dessa nova pessoa que você se tornará. E a sensibilidade que existia aí dentro, não passará das armadilhas de aço. A espada, te ajudará a enfrentar os novos desafios que aparecerão no seu caminho. Você vai lutar contra a preguiça, o desânimo, contra tudo o que ficou desinteressante e sem graça. Se nesse percurso, alguém te ferir, vai ter coragem o suficiente para enfrentar seja lá quem for, de igual para igual. Pois, estará preparada para bater de frente, e caso julgar necessário, você também tem o direito de ferir o outro lado. A gravidade do machucado, será o controle das suas emoções. Pense bem antes de tomar qualquer atitude. Você não vai mais precisar fugir. O seu coração, ele não vai mais precisar de um escudo inteiro de proteção. Te desafio a deixá-lo livre de empecilhos e aberto a novas frequências cardíacas. Você vai sentir o sangue correr em suas veias, a adrenalina percorrer o seu corpo e o frio na barriga, diante das novas experiências.

Nesse momento, você vai radiar alegria e talvez, sentir vontade de me dar um abraço. Afinal, apesar das diferenças, certas coisas podem nos fazer sofrer, mas elas simplesmente precisavam acontecer, para nos fazer crescer. São apenas palavras, talvez você considere como um conselho. Espero ter te dado força o bastante, para que você perceba, que a estrada vai além do que podemos enxergar. Que declarações e exposições de sentimentos são necessárias, elas influenciam na reciprocidade, independente da relação. E tudo o que você precisa para enfrentar os seus medos, é de um escudo e uma espada.

E sobre a coragem, posso apostar que essa virtude já faz parte de você.

Agora, seguiremos em frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recomendados para você

Receba textos novos no seu e-mail!