Deite, dorme e sonha comigo: você me faz perder o sono.

Leia o texto abaixo ao som de John Legend Tonight.

 

Será que você está me lembrando agora?

As noites são diferentes. Mas todas elas me fazem refletir sobre coisas boas e ruins. A nostalgia costuma ser mais intensa nesse horário. O mundo está em silêncio, mas o interior aqui dentro, grita e por vezes, chora incontrolavelmente. Escuto o meu coração e converso com a minha consciência. Desde quando nascemos, as noites nunca foram fáceis. Às vezes por conta do xixi na cama, outras por culpa do bicho papão. Quando vamos crescendo, os problemas são outros: fim do namoro, excesso de trabalho, exigência nos estudos, cálculos financeiros, falta de alguém. Mesmo com alguns pontos negativos, como tudo na vida, a noite sempre foi a minha hora preferida. É a hora em que eu constato que a vida é uma caixa de surpresas, que eu tento compreender os meus pesadelos e o porquê das noites mal dormidas. E então, percebo que embora as noites não sejam fáceis, o meu maior desejo é dividir todas elas com alguém e aí, você entra em cena…

Vou direto ao ponto, sem vírgulas ou introduções. Eu queria tanto que você estivesse aqui do meu lado na cama, sabia? Eu queria te beijar até o dia clarear, até as nossas bocas secarem e você suplicar por água gelada. Eu queria te provocar passando as minhas unhas nas suas costas, lentamente, até causar todo calafrio do mundo. Eu queria passar a língua na sua nuca e, ir descendo lentamente, até mordiscar a sua barriga. Eu queria arrancar a sua roupa com os meus dentes, entrelaçar os meus dedos no seu cabelo e te puxar para cada vez mais perto de mim. Cruzar as minhas pernas nas suas, dançar no seu colo e sussurrar no seu ouvido o quanto você me deixa louca de tesão.

Especialmente essa noite, eu te desejo uma insônia interminável. Que ao deitar na cama, após um dia corrido e um banho refrescante, o seu pensamento fique dominado com tudo o que envolver o meu nome. Que você feche os seus olhos, abrace o travesseiro e tente cheirar o pouco que sobrou do meu perfume no seu edredom. Que você sinta tanto calor ao pensar no meu corpo, que precise de abrir a janela para ventilar o ambiente. Que você até tente fugir ou desviar as lembranças, mas que elas consigam te dominar dos pés à cabeça.

Lembre-se dos nossos momentos e sinta saudade do que ainda não vivemos. Faça planos ao meu lado. É em você que eu penso antes de dormir, e isso acontece desde o dia em que nos conhecemos. É você quem eu quero por perto, quando me assusto com um barulho qualquer no escuro do meu quarto. Eu te sonho mesmo quando o sol nasce e um novo instante recomeça. Me esforço a cada dia, para me tornar uma pessoa melhor e consequentemente, ser alguém mais interessante para você. Você é a minha notificação favorita.

Pensar antes de dormir, é o único momento do dia em que tudo pode ser exatamente do jeito que eu quero. Eu nem sei o porquê estou escrevendo esse monte de besteiras, talvez você nem perca o seu tempo lendo. Mas continuo aqui, iludida, querendo te dar o primeiro beijo de bom dia, depois de uma noite fria. Querendo ter aquele momento só nosso, acordar cedinho e preparar o nosso café da manhã. Deitar no seu colo depois de uma caminhada longa de mãos dadas e, por fim, me apaixonar mais uma vez por você.

A distância não é ruim como costumam dizer, ela apenas me mostrou o quanto eu amo o que ficou longe. De qualquer forma, se não dermos certo, te agradeço por me mostrar que ainda há algo de bom aqui dentro. Tudo bem se acabar em nada, nós já fomos muito.

Eu continuo aqui imaginando e torcendo, para sonhar com você nesse restinho de madrugada.

Obrigada por me fazer dormir sorrindo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recomendados para você

Receba textos novos no seu e-mail!