Afogando a paixão.

Por Jéssica Pellegrini

Leia o texto abaixo ao som de Colbie Caillat – I Do.

 

De repente, sentimos a cabeça latejar de tanta dor e o coração bater devagar, quase parando.

Às vezes, a vida nos surpreende com imprevistos negativos e em muitos casos, tudo o que queremos nesses momentos é mergulharmos em um balde de água fria, na piscina, no mar, até mesmo na banheira ou no tanque da lavanderia.

Sob pressão, sentimos aumentar a pulsação do coração, começamos a pensar no tempo que estamos aguentando ficar com a cabeça submersa, o relógio chama atenção para analisarmos o cronometro, começamos a ficar aflitos, mexemos o corpo para esquecer da falta de ar, observamos as bolinhas de oxigênio, abrimos os olhos e nada enxergamos, começamos a bater os pés através de um impulso incontrolável, já não temos de onde tirar o ar, chega desse sufoco.

Levantamos da água com uma respiração ofegante, os olhos se abrem rapidamente, tiramos o cabelo do rosto, a pele está enrugada, escutamos pessoas pronunciarem os nossos nomes, o corpo estremece e caímos sem sentido no chão. Finalmente, conseguimos resgatar as nossas vidas, sempre da mesma forma, em um ciclo sem ponto final.

As coisas insistem em acontecer, sentimos o afogamento, os dias se tornam tumultuados, as notícias chegam, sentimos muita falta de ar, os medos interrompem os sonhos, e nós sempre achamos que aguentamos mais alguns segundos, tentativa sempre inválida.

Aí nos apaixonamos, e resgatamos a vida.

1 Comentário em Afogando a paixão.

  1. Cotop Coupons Online Responder 15 de junho de 2017 at 00:20

    Thanks for your write-up on the traveling industry. I would also like contribute that if your senior contemplating traveling, it can be absolutely imperative that you buy travel cover for senior citizens. When traveling, elderly people are at high risk of having a health emergency. Obtaining right insurance policy package on your age group can look after your health and provide peace of mind.

    #

Deixe uma resposta

Comentários


btt